A História de Abilio Diniz






Infográfico feito por engrandece.com






Abilio Diniz O Magnata do Varejo Abilio dos Santos Diniz, mais conhecido como Abilio Diniz, é um dos maiores empresários e um dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna avaliada em U$3 bilhões, segundo a revista Forbes. Abilio é o primeiro dos 6 filhos de Valentim dos Santos Diniz e Floripes Pires. Nascido em São">






Infográfico feito por engrandece.com






Abilio Diniz O Magnata do Varejo Abilio dos Santos Diniz, mais conhecido como Abilio Diniz, é um dos maiores empresários e um dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna avaliada em U$3 bilhões, segundo a revista Forbes. Abilio é o primeiro dos 6 filhos de Valentim dos Santos Diniz e Floripes Pires. Nascido em São">[Infográfico] A História de Abilio Diniz – Engrandece.com

[Infográfico] A História de Abilio Diniz

[Infográfico] A História de Abilio Diniz 1

Gostou da história de Abilio Diniz?
Compartilhe este infográfico no seu site!

Abilio Diniz
O Magnata do Varejo

Abilio dos Santos Diniz, mais conhecido como Abilio Diniz, é um dos maiores empresários e um dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna avaliada em U$3 bilhões, segundo a revista Forbes.

Abilio é o primeiro dos 6 filhos de Valentim dos Santos Diniz e Floripes Pires. Nascido em São Paulo, no dia 28 de dezembro de 1936, Abilio é irmão de Lucília, Arnaldo, Vera, Sônia e Alcides.

Quando era novo, Abilio era baixinho, gordinho e impopular. Para começar a se defender na escola, ele começou a praticar várias lutas, como boxe, capoeira, caratê e judô, todas simultaneamente. A partir dali a vida de atleta de Abilio foi iniciada, que conta com uma vasta lista de modalidades incluídas.

Em 1948, quando Abilio tinha 12 de idade, seu Valentim Diniz abriu uma modesta doceria chamada Pão de Açúcar, uma pequena loja que causaria grandes mudanças na história de vida de seu primogênito. O primeiro emprego de Abilio foi justamente aos 12 anos, como auxiliar da doceria.

Abilio estudou no colégio Anglo Latino e realizou o segundo grau no Colégio Mackenzie. Abilio concluiu sua graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas em 1956.

Durante os anos letivos, Abilio desenvolveu um sonho: formar-se na FGV, se pós-graduar em Michigan, Estados Unidos, e se tornar professor.

Naquele momento, quando estava quase tudo acertado para que Abilio partisse para os Estados Unidos, seu pai, Valentim, que não queria que o filho fosse embora, apelou para uma das grandes características do Abilio Diniz: a ambição.

Ele propôs para o filho, que não se interessava por mercearias e negócios do gênero, que eles abrissem um supermercado. Então Valentim levou Abilio para conhecer alguns supermercados.

Foi naquele momento que o gigante do varejo entrou em contato pela primeira vez na vida com o modelo de negócios de autosserviço, onde os próprios clientes escolhem os produtos e pagam na saída.

Naquela hora Abilio teve um insight, ele diz que aquele fato mexeu com a sua cabeça e o fez perceber que era possível criar uma empresa realmente grande daquela maneira.

Abilio adiou seus planos de fazer mestrado em Michigan, nos Estados Unidos, para ajudar seu pai na abertura e administração do supermercado. A decisão de Abilio culminou na abertura da primeira loja do Supermercado Pão de Açúcar, em 1959.

A partir daquela data começava a surgir o negócio que se tornaria o maior grupo varejista da América Latina e levaria Abilio ao posto de um dos maiores empresários do país.

Em 1960, com a primeira loja estabelecida, Abilio passou 4 meses na Europa e nos Estados Unidos entendendo como funcionava o varejo no exterior, aprendendo tudo o que podia sobre todos. No mesmo ano Abilio se casou com Maria Auriluce Falleiros e ao longo da vida teve 4 filhos com ela.

Em 1963 a segunda loja do Pão de Açúcar foi inaugurada.

Mesmo após a criação e o sucesso do Pão de Açúcar, Abilio não deixou de estudar. Em 1965 ele foi para os Estados Unidos estudar Marketing, na Universidade de Ohio, e Economia, pela Universidade Columbia.

Em 1968 Abilio se tornou um dos fundadores da Associação Brasileira de Supermercados. Depois de 3 anos, em 1971, ele se inspirou no modelo de hipermercados Carrefour e abriu o primeiro hipermercado do país, o qual chamou de Jumbo.

Em 1976, Abilio realizou a aquisição da Eletroradiobraz, a segunda maior rede de supermercados e hipermercados do país na época.

Em ascensão, o Pão de Açúcar continuou na década de 1970 o crescimento que apresentou na década de 1960. Alguns de seus maiores diferenciais incluíram a inauguração de uma de suas lojas dentro do shopping Iguatemi, em São Paulo, ter uma farmácia dentro da loja e permanecer funcionamento 24 horas por dia.

Abilio se desentendeu com alguns de seus familiares e, em 1979, se afastou dos negócios. No tempo todo que Abilio se afastou, aproximadamente 10 anos, o Pão de Açúcar ficou nas mãos de seu pai, de seus irmãos e de profissionais contratados. O ministro do planejamento na época, Mario Henrique Simonsen, convidou Abilio para fazer parte do Conselho Monetário Nacional.

No final da década 1980, o pai de Abilio, Valentim Diniz, pediu ao filho que ele retornasse ao Pão de Açúcar para assumir a direção dos negócios com total liberdade, pois temia pela saúde financeira da empresa.

Em 1989 Abilio retornou ao grupo e ocupou o cargo de presidente executivo. Seu pai passou a integrar o Conselho de Administração.

O ano de 1989 foi bastante marcante para Abilio. Naquele ano, ele foi sequestrado quando saía de casa dirigindo seu carro. O episódio se encerrou após a prisão de 10 sequestradores que o mantiveram em cativeiro por um período de 6 dias.

No ano seguinte ao sequestro, Abilio pretendia colocar em prática um projeto de recuperação para reavivar as atividades do Pão de Açúcar. No entanto, devido a implantação do plano de medidas financeiras impostas pelo presidente Fernando Collor, a empresa chegou muito próximo da falência.

Dessa forma, para recuperar a empresa, Abilio colocou em prática um plano com o lema “corte, concentre e simplifique”, que não poupou nem os maiores cargos da companhia. Foi assim que Abilio conseguiu superar a crise e reerguer o grupo.

Em 1993, após muitas brigas entre a família Diniz, Abilio ficou com o controle majoritário da empresa.

Em 1995 Abilio abriu o capital do Grupo Pão de Açúcar.

Em 1997 as ações da empresa eram negociadas na bolsa de Nova York.

Em 1999 o grupo francês Casino comprou 24,5% das ações do Grupo Pão de Açúcar, que era comandando por Jean-Charles Naouri.

Em 2001 o Casino ampliou a participação no Pão de Açúcar com um contrato que faria com que os franceses passassem a comandar o grupo em 2012.

Em 2004 Abilio se casou novamente, com Geyze Diniz, com quem teve mais 2 filhos.

Ainda em 2004 Abilio lançou o livro Caminhos e Escolhas: O Equilíbrio Para Uma Vida Mais Feliz.

Em 2009 ocorreu a aquisição da rede Ponto Frio, o que colocou o grupo Pão de Açúcar novamente na liderança no varejo Brasileiro.

Em 2013, após um dos maiores embates de negócios de todos os tempos, entre Jean-Charles Naouri e Abilio Diniz, que não queria deixar o comando da empresa, o empresário brasileiro não teve escolha e saiu definitivamente do Pão de Açúcar, vendendo todas as suas ações.

Ao sair do Pão de Açúcar, Abilio se dedicou a Península Participações, a companhia de investimentos do empresário, que comprou ações da BRF e do Carrefour.

Em 2016 Abilio lançou mais um livro: Novos Caminhos, Novas Escolhas.

Frases de Abilio Diniz

  1. “Alguns sonham com o sucesso. Nós acordamos cedo e trabalhamos duro para consegui-lo.”
  2. “A gente escolhe o que quer ser na vida. Ser grande é uma escolha. Basta acreditar.”
  3. “Lembre-se: não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe. Essa crise vai passar. Mas não fique esperando ela acabar. Acabe com ela, ao menos na sua empresa e na sua carreira.”
  4. “Faça o bem sem esperar qualquer tipo de recompensa, nem mesmo um agradecimento.”
  5. “Cada vez que capacitamos alguém, fazemos um bem para o mundo.”
  6. “Crise é uma chance de você mostrar o seu valor quando quase tudo à sua volta está perdendo valor.”
  7. “Crescer não é apenas acumular experiências e anos de vida, mas se abrir com humildade ao aprendizado e busca de conhecimento. Quem assume uma posição de liderança no grito não dura nem desempenha.”
  8. “Em vez de olhar pela janela e procurar o culpado, olhe para o espelho e procure ver onde errou. O que está de fora pode até ser muito importante, mas você não pode controlar.”
  9. “Eu quero hoje ser melhor do que ontem e amanhã melhor do que hoje; nunca estarei satisfeito, sempre em busca de evolução!”

Gostou da história de Abilio Diniz? Você também pode gostar da história de Oprah Winfrey.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

14 Compart.
Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket