[Infográfico] A História de Jack Ma

A História de Jack Ma

Gostou da história de Jack Ma?
Compartilhe este infográfico no seu site!

Jack Ma
Conectando a China

Jack Ma é o pseudônimo utilizado por Mǎ Yún, co-fundador e também presidente executivo do conhecido Alibaba Group.

Nascido em Hangzhou, na China, em 10 de setembro de 1964, o dono do conglomerado de tecnologia é uma das pessoas mais ricas do mundo. Seu patrimônio ultrapassa os U$40 bilhões de acordo com a revista Forbes.

Na publicação anual de 2017 da revista americana sobre negócios Fortune, o empresário, investidor e filantropo ficou em segundo lugar em uma lista composta pelos 50 maiores líderes mundiais.

Só que a vida de Jack Ma não foi fácil e todo o seu sucesso não ocorreu da noite para o dia. Ele passou por tempos difíceis, principalmente quando encarou a dura realidade de encontrar um emprego. Foram 30 tentativas, mas todas falharam.

Além disso, Jack Ma tentou por 10 vezes se tornar aluno da Escola de Negócios de Harvard, mas ele nunca conseguiu.

Em seu país de origem, a realidade foi igualmente dura. Na China, existe apenas uma chance por ano para que um aluno consiga entrar em uma instituição de ensino.

Jack Ma levou longos 4 anos até conseguir ser aceito por uma instituição. No ano de 1988 ele se formou como bacharel em inglês pela Hangzhou Normal University e se tornou professor de inglês em tempo integral na China.

Jack Ma ainda não havia se pós-graduado quando ouviu falar sobre a internet pela primeira vez na vida, em 1994. Em 1995, ele resolveu acompanhar uns amigos em uma viagem aos Estados Unidos.

Enquanto estava em solo norte-americano, ele realizou buscas na internet sobre diversos termos e se surpreendeu ao notar que não era possível encontrar nada relacionado com a China.

Como uma forma de demonstrar sua revolta, Jack Ma criou um site de ”mau gosto” a respeito de seu país. Três horas após o lançamento do site, alguns chineses entraram em contato desejando saber mais a respeito de seu criador. Tal ocorrido fez com que Jack Ma percebesse o potencial que a internet tinha.

A realidade do mundo estava mudando e aparentemente a China estava ficando para trás. Jack Ma foi uma das primeiras pessoas a observar a necessidade de se estar conectado em um mundo que estava cada vez mais progredindo para a via digital.

Se deparando com esse fato, naquele momento ele teve a primeira visão empreendedora. Mesmo sem saber muito bem o que e como fazer, Jack Ma sabia que era tremendamente importante e vantajoso colocar o seu país no mapa, principalmente para conseguir comercializar com vários outros países.

Em parceria com sua esposa e um amigo, Jack Ma juntou U$20 mil e começou a prestar serviços criando websites para outras empresas para alavancar o mercado online. A empreitada foi batizada de “China Yellow Pages”.

O período foi marcado por trabalho duro e muita dedicação. Jack Ma se organizou com várias outras pessoas que confiava e, de 1995 a 1998, trabalhou sem pausas por longas horas para fazer o seu sonho de empreender virar realidade.

Até 1999, Jack Ma comandava uma empresa de tecnologia da informação localizada no Centro Internacional de Comércio Eletrônico da China.

No entanto, o negócio não prosperava como o esperado, por isso Jack Ma decidiu retornar para a cidade de Hangzhou para fundar aquele que se tornaria um dos maiores sites de e-commerce do mundo, o alibaba.com.

Jack Ma se reuniu com seus velhos colaboradores e começou a projetar para sua equipe todos os seus sonhos, metas, desejos e intuições sobre o mercado. O resultado foi uma longa apresentação de mais de 3 horas de duração.

Só que apesar do seu entusiasmo e certeza absoluta, todos os que estavam presentes não tinham convicção de que aquele caminho era o ideal a ser tomado.

Mesmo assim, foram em frente. Durante 6 meses a equipe não teve nenhum tipo de entretenimento externo ao local de trabalho e todos economizavam o máximo possível.

Durante todo o período Jack Ma e sua equipe trabalharam por horas e horas. Eles dormiram de 5 a 6 horas por dia e trabalharam o dia inteiro até conseguirem atingir o objetivo de aparecer no emergente mercado.

No entanto, apesar do sacrifício, Jack Ma não tinha dinheiro para pagar a sua equipe e passou boa parte do período lutando para conseguir fazer com que o negócio e a sua equipe sobrevivessem.

A verdade é que Jack Ma havia sido recusado por mais de 37 investidores e ele não conseguia de forma nenhuma adquirir capital para continuar com a sua empreitada.

Ainda em 1999 Ma atraiu atenção de investidores, o que rendeu para a Alibaba um capital inicial de U$5 milhões. Em seguida, investidores japoneses que também acreditaram na ideia investiram mais U$20 milhões no sonho de Jack Ma.

Com aquela luz no fim do túnel, finalmente a empresa começou a crescer, os funcionários foram pagos e cada vez mais pessoas passaram a acreditar na missão e no inovador negócio de Jack Ma.

Nos anos seguintes vários outros investidores se juntaram ao empreendimento. Com grande capital a Alibaba expandiu e adquiriu tamanho considerável, contando com vários escritórios espalhados pelo mundo.

Só que anos 2000 a bolha financeira da internet colocou novamente o negócio de Jack Ma em risco. Com a negativa dos investidores para uma injeção de capital, um plano para um desenvolvimento certeiro e linear foi posto em movimento.

O período foi marcado pela busca da criação de uma estrutura organizacional forte, que pudesse levar a empresa a finalmente encontrar o seu caminho e diferencial em um mercado de alto risco e altamente competitivo.

Sem mais investimentos e com o capital cada vez menor, Jack Ma tomou a maior decisão que já havia tomado em sua vida, ele decidiu fechar todos os negócios que estavam direcionados ao mercado da alta classe e focou toda a sua atenção no conceito original da Alibaba, que era o comércio para pequenas empresas.

Ao tomar aquela decisão, Jack Ma fez com que a empresa gerasse o primeiro lucro desde sua existência e atingisse o break-even, em 2001.

Pouco tempo depois do primeiro lucro com o seu negócio B2B (empresa para empresa), a Alibaba decidiu criar um grupo que tinha o foco em vendas para o segmento C2C, ou seja, de consumidor para consumidor.

Nasceu assim em 2003 o Taobao, um pequeno site que iria concorrer contra vários outros gigantes do mercado, como o próprio eBay.

O sucesso foi tão grande que, em 2006, o site Taobao se tornou responsável por 70% das vendas online realizadas no mercado chinês.

Em 2014 o Alibaba Group realizou o maior IPO da história de Wall Street ao captar U$25 bilhões na Bolsa de Valores de Nova Iorque.

Hoje, Jack Ma segue como presidente executivo do Alibaba Group e de seus 9 subsidiários: Alibaba.com, Taobao Marketplace, Tmall, eTao, Alibaba Cloud Computing, Juhuasuan, 1688.com, AliExpress.com e Alipay.

Frases de Jack Ma

  1. “O que é uma falha? Desistir é o maior fracasso.”
  2. “Uma grande oportunidade muitas vezes é difícil de ser explicada com clareza. Coisas que podem ser explicadas com clareza, muitas vezes não são as melhores oportunidades.”
  3. “Um líder deve ter maior resistência e capacidade de aceitar e abraçar o fracasso.”
  4. “Eu acredito em dois princípios: sua atitude é mais importante que suas capacidades. Da mesma forma, sua decisão é mais importante que suas capacidades.”
  5. “Se você tem uma mentalidade diferente, você terá um resultado diferente; se você fez escolhas diferentes de seus colegas, sua vida será, então, diferente de seus pares.”
  6. “Ao invés de ter pequenos truques inteligentes para sobreviver, se concentre em se manter perseverante.”
  7. “Não importa o que você faz, independentemente do sucesso ou do fracasso, a experiência é uma forma de sucesso em si mesmo.”

Gostou da história de Jack Ma? Você também pode gostar da história de Anthony Robbins.

Baixe agora de graça antes que você perca a chance!

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

17 Compart.
Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket