A História de Richard Branson

Infográfico feito por engrandece.com







Richard BransonEmpreendedor Serial Richard Branson é um famoso empresário britânico que possui investimentos nos mais diversos segmentos e campos empresariais, com foco e destaque para a área musical. Nascido em julho de 1950, filho de pai advogado e mãe aeromoça, Branson foi um jovem disléxico e passou muitos problemas na escola, dificuldades que o levaram a largar os estudos aos 16 anos de">

Infográfico feito por engrandece.com







Richard BransonEmpreendedor Serial Richard Branson é um famoso empresário britânico que possui investimentos nos mais diversos segmentos e campos empresariais, com foco e destaque para a área musical. Nascido em julho de 1950, filho de pai advogado e mãe aeromoça, Branson foi um jovem disléxico e passou muitos problemas na escola, dificuldades que o levaram a largar os estudos aos 16 anos de">[Infográfico] A História de Richard Branson – Engrandece.com

[Infográfico] A História de Richard Branson

A História de Richard Branson

Gostou da história de Richard Branson?
Compartilhe este infográfico no seu site!

Richard Branson
Empreendedor Serial

Richard Branson é um famoso empresário britânico que possui investimentos nos mais diversos segmentos e campos empresariais, com foco e destaque para a área musical.

Nascido em julho de 1950, filho de pai advogado e mãe aeromoça, Branson foi um jovem disléxico e passou muitos problemas na escola, dificuldades que o levaram a largar os estudos aos 16 anos de idade.

Naquela época, em 1966, através de sua visão empreendedora, parte integrante de si desde a juventude, Richard Branson criou e lançou a revista Student em parceria com um amigo. A revista era direcionada e feita por estudantes. Este primeiro projeto foi um grande marco na vida empresarial de Branson.

Um tempo depois, Branson criou a gravadora Virgin. A gravadora era uma opção de negócio para ajudar a incrementar e a financiar melhorias para a revista Student, na década de 70.

A Virgin foi o primeiro grande sucesso de Richard Branson e, apesar de seu início modesto, a gravadora rapidamente deu espaço para outro tipo de negócio: A abertura de lojas de discos, A Virgin Megastore.

Com a abertura dessas lojas de discos por todo o território inglês, o empreendedor foi ainda mais impulsionado para o topo do sucesso.

A Virgin Records tornou-se mundialmente conhecida por ter servido como palco para artistas como Mike Oldfield, os Sex Pistols, Culture Club, Genesis e muitos outros.

Richard Branson chegou a estar entre os 6 primeiros lugares no quesito “Maiores Gravadoras do Mundo” com sua empresa.

Um dos grandes diferenciais de Richard Branson foi o fato de ele não se satisfazer com o alcance de “um simples” sucesso. Ele queria, e buscava incessantemente, se destacar em muitas áreas diferentes entre si.

A expansão de seu império começou, de modo mais intenso, em 1980, com a compra de uma empresa de viagens. Em seguida, ainda dentro do mesmo ramo, Branson incluiu em sua rede empresarial uma companhia aérea.

Durante este tempo, mesmo com a expansão de seus negócios, a Virgin Megastore continuou a crescer e se expandir, tornando-se um grande destaque e referência dentro do meio musical da época.

Atualmente, com seus mais de 60 anos, estima-se que Richard Branson possua um número superior a 50 mil funcionários, espalhados por cerca de 30 países, onde seu grupo, um complexo conjunto de mais de 200 empresas ligadas a setores como aviação, transporte ferroviário, música e telecomunicações, está presente.

O fundador da Virgin Group teve, portanto, sua história no empreendedorismo iniciada com a criação de uma simples editora, um pequeno negócio que Branson expandiu até alcançar uma fortuna avaliada em aproximadamente 5 bilhões de dólares, de acordo com a revista Forbes

Assim como em todas as trajetórias, a vida de Richard Branson também é composta por muitos altos e baixos.

Em 1992 a Virgin passou por uma intensa instabilidade financeira e foi vendida, no fim do mesmo ano, por US$ 1 bilhão para Thorn Emi. A venda causou muito desgosto e sofrimento para Richard Branson que, sem querer abrir mão do ramo musical, abriu em 1993 uma estação de rádio intitulada como Virgin.

Alguns anos mais tarde, vale destacar, Richard Branson abriu uma nova gravadora. A V2 foi inaugurada em 1996 e recebeu artistas como Tom Jones e Powderfinger, tornando-se mais uma vez destaque na área.

Buscando expandir ainda mais seus negócios em mercados inexplorados, Branson tem investido, nos últimos anos, em um negócio totalmente surpreendente.

Através de uma parceria com a Scaled Composites, o empresário tem trabalhado na criação da “The Spaceship Company”, uma empresa que tem por objetivo comercializar passeios ao espaço sideral.

A ideia conquistou muitas pessoas ao redor do mundo. Em 2013, ano em que os testes oficiais iniciaram, foram vendidos mais de 500 bilhetes para o passeio espacial na Virgin Galactic.

Richard Branson se destaca também por recordes no campo esportivo. Entre seus principais feitos destacam-se a travessia do Atlântico em menor tempo, em 1986, e a travessia do Pacífico, em 1991, em balões de ar quente.

Apesar de ter ficado, algumas vezes, à deriva, precisando ser resgatado por helicópteros, Branson jamais desistiu de seus sonhos e conquistou grande parte deles.

Em 1999 Richard Branson foi condecorado como cavaleiro pela Rainha da Inglaterra e recebeu o título de Sir Richard Branson.

Com mais de 40 diferentes marcas dentro do grupo, uma das coisas que mais se sobressaem está totalmente ligada ao fato de que a empresa, assim como o próprio empresário, possui um jeito ímpar de fazer negócios: sem medo e com grande alegria, marcas registradas do grupo.

Ousadia e coragem são, sem dúvida alguma, os grandes diferenciais Richard Branson nos negócios. A megacorporação de Branson fatura anualmente, em média, US$ 18 bilhões.

Frases de Richard Branson

  1. “Iates ridículos, aviões particulares e grandes limusines não irão fazer as pessoas aproveitarem a vida melhor.”
  2. “A maioria das coisas que estressam as pessoas são coisas que não valem a pena se estressar.”
  3. “Você não pode ser um bom líder a menos que goste de pessoas. É assim que você extrai o melhor delas.”
  4. “Honestamente, eu posso dizer que nunca abri um negócio puramente por dinheiro. Se esse é o único motivo, então acredito que é melhor você não fazer nada.”
  5. “Se você conseguir se entregar a sua paixão, a vida será muito mais interessante do que só trabalhar.”
  6. “Neste momento, eu me contento em estar vivo e poder tomar um bom e longo banho.”
  7. “Não existe ninguém a ser seguido. Não existe nada a ser copiado.”
  8. “Eu aprecio cada minuto da minha vida.”
  9. “Eu cometi muitos erros e aprendi com eles.”
  10. “Empreendedorismo é transformar o que te excita na vida em capital, para que você possa fazer mais do mesmo e seguir em frente com isso.”
  11. “Coisas não são o que realmente traz felicidade. Família, amigos, boa saúde e a satisfação de fazer alguma diferença positiva são o que realmente importa.”

    Gostou da história de Richard Branson? Você também pode gostar da história de Flávio Augusto da Silva.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket