Como Perder a Timidez: 9 Dicas Rápidas (A 5ª é Sensacional)

Você não sabe como perder a timidez, por isso fica nervoso apenas por pensar em iniciar uma conversa com uma pessoa desconhecida?

Você, em um bate-papo, pensa constantemente sobre o que a outra pessoa está pensando a respeito de você?

E o pior, quando fala algo, fica nervoso pensando que está sendo um idiota?

Você treme, fica gelado, envergonhado e vermelho quando precisa falar com estranhos, mesmo quando sabe exatamente o que precisa ser dito?

Se você se viu em algumas dessas situações, esse artigo é perfeito para você.

A timidez é uma condição que, para muitos, acaba sendo um obstáculo grandioso. Afinal, ser tímido faz com que você sempre se limite, pensando que você não é suficientemente capaz, para fazer o que quer que seja.

A timidez e a ansiedade social podem arruinar a sua autoestima e a sua liberdade como pessoa. E nenhum ser humano merece isso.

Por isso, se você não vê a hora de deixar de sofrer com esse problema, continue lendo este artigo para descobrir como acabar com a timidez de uma vez por todas, mesmo que você seja a pessoa mais tímida e insegura do mundo.

ATENÇÃO
Antes de continuar a sua leitura você pode baixar gratuitamente o meu novo livro digital As 7 Poderosas Crenças Para Viver Uma Vida Sem Limites clicando aqui.

O Que é a Timidez?

Segundo o dicionário, timidez significa:

1. Inibição; estado de quem tem vergonha de se expor; condição da pessoa tímida, acanhada.
2. Fraqueza; expressão de debilidade, de fragilidade, frouxidão.

Já a Associação Americana de Psicologia, define timidez como:

A tendência de se sentir desconfortável, preocupado ou tenso durante os encontros sociais, especialmente com pessoas desconhecidas. Pessoas muito tímidas podem ter sintomas físicos como rubor, suor, coração acelerado ou dor de estômago; sentimentos negativos sobre si mesmos; preocupações com a forma como os outros os veem; e uma tendência a se afastar das interações sociais.

Timidez x Introversão

É importante ressaltar que timidez não é a mesma coisa que introversão.

Os introvertidos, geralmente, são reservados e reflexivos e sentem-se bem fazendo atividades sozinhos, como ler, por exemplo.

Como Perder a Timidez: 9 Dicas Rápidas (A 5ª é Sensacional) 1

No livro The Secret Lives of Introverts, Jenn Granneman diz que as pessoas introvertidas preferem estar em ambientes calmos e tranquilos, priorizam relações profundas e preferem conversar em grupos menores ou a dois.

Mas isso não quer dizer que os introvertidos, necessariamente, são tímidos.

Você pode ser mais calmo e introvertido, mas não ter dificuldade nenhuma em conversar com outras pessoas ou se expor em situações sociais.

Timidez é sobre sentir medo, ficar tenso e até mesmo apresentar sintomas físicos desagradáveis quando você precisa socializar.

Jenn Granneman explica que a timidez sempre surge com o medo do julgamento alheio.

Por isso, não confunda timidez com introversão.

Timidez: Natural ou Doença?

Bom, depende.

A timidez é algo natural e presente em todos os seres humanos, sendo extrovertidos ou introvertidos.

Se você parar para analisar, realmente não é um privilégio nosso ter a timidez.

No caso dos animais, por exemplo, quando você se aproxima de um, ele se afasta, sentindo uma enorme dificuldade em se aproximar.

Porém, em questão de minutos, ele já se sente confiante com sua presença, aproximando-se, pedindo carinho e até brincando com você.

Para muitos humanos, o processo é o mesmo. Para outros, no entanto, é muito mais difícil e complexo.

A timidez é algo natural nas pessoas, mas apenas quando não atrapalha sua vida. Por outro lado, é preocupante quando a timidez faz com que você não consiga ter sua vida pessoal e/ou profissional fluindo.

Como, por exemplo, quando muitas vezes faz com que você abandone apresentações ou reuniões por ter dor de barriga, taquicardia, sensação de desmaio e até suar frio.

Timidez ou Ansiedade Social?

Como eu disse, ser tímido, até certo ponto, é normal.

Mas quando chega em casos extremos, pode surgir a fobia social.

O transtorno de ansiedade social é um caso de timidez extrema, que apresenta uma série de sintomas característicos:

  • Medo intenso de conversar ou interagir com pessoas estranhas;
  • Medo de sintomas físicos que podem causar vergonha como voz trêmula, suor e rubor;
  • Dificuldade de concentração em algo que não seja a preocupação atual.
  • Alto nível de ansiedade em situações sociais.

Se você é tímido, pode se reconhecer em algum item da lista, mas isso não necessariamente quer dizer que você está doente.

O problema é quando os sintomas tomam o controle da sua vida.

Nesses casos, de timidez extrema e excessiva, é interessante, além de ler o conteúdo e conferir as dicas, buscar ajuda profissional, já que você pode estar sofrendo de fobia social, transtornos de ansiedade e até síndrome do pânico.

Se você não chegou neste ponto, ótimo. Porém, saiba que é importante cuidar para que o seu caso de timidez não se transforme em um obstáculo na sua vida.

O Que Causa a Timidez?

A timidez é um pouco complexa, pois podem existir inúmeras causas.

Há basicamente duas explicações para a timidez, e as duas podem se misturar: genética e ambientes sociais.

Cientistas acreditam que encontraram dados genéticos que apoiam a suposição de que a timidez é, ao menos parcialmente, genética.

Porém, também existem evidências que mostram que os ambientes sociais, junto com as experiências sociais que a pessoa vive nesses ambientes influenciam a timidez.

A timidez pode surgir através das experiências sociais negativas que você viveu.

Como por exemplo, bullying e humilhações públicas que você sofreu na escola, na faculdade e ou até mesmo no seu emprego.

A relação que você teve com os seus pais também pode ter desencadeado a timidez. Pais superprotetores e autoritários podem tornar seus filhos tímidos.

Um complexo de inferioridade também pode ser uma causa da timidez. Quem se desvaloriza reluta bastante em interagir com outras pessoas e expressar suas opiniões.

Pode ser também que você seja tímido por ter ausência de habilidades sociais, ou seja, você possui uma enorme dificuldade de falar em público e se relacionar e não sabe como desenvolver habilidades para socializar.

Você também pode, por exemplo, ser uma pessoa tímida por falta de autoconfiança. Talvez você acredite que suas atitudes podem transformar momentos legais em situações constrangedoras, fazendo com que você sinta medo e se sinta inseguro.

Problemas de autoimagem também podem gerar timidez. Quando você não tem uma boa imagem de si mesmo, você pode acabar se inibindo em volta de outras pessoas.

Além disso, pode ser que a timidez apareça por você ter medo de não ser aceito ou tenha necessidade de receber carinho o tempo inteiro.

Há também a chance de que a sua timidez venha do seu perfeccionismo, afinal, você sente tanta vontade de acertar que não consegue lidar com seus erros.

Enfim, existem várias causas e essas são apenas algumas.

Mas independentemente da causa da sua timidez, saiba que acabar com a timidez é extremamente possível e um processo gradativo.

Como Perder a Timidez

Se você está ansioso para descobrir como acabar com a timidez e vencer esse problema de uma vez por todas, leia todas as dicas com bastante atenção.

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que as dicas abaixo vão apenas te mostrar o caminho para que você perca a timidez de forma definitiva, mas o trabalho pesado ainda está com você.

Sabendo que o caminho é longo e o trabalho não é fácil, é fundamental que você realmente coloque as dicas em prática com força de vontade.

Você realmente tem que querer “curar” a timidez.

Combinado?

9 Dicas Para Perder a Timidez de Vez

1. Compreenda a Timidez

Antes de qualquer coisa, o primeiro passo para você superar a timidez e acabar com ela de vez é compreender a causa da sua timidez.

Segundo a psicologia, qualquer comportamento humano, mesmo que pareça estranho, se desenvolve pela mente para que a pessoa consiga alcançar uma meta bastante lógica.

No caso da timidez, por mais que pareça um comportamento estranho e negativo, se você examinar a sua timidez, você vai perceber que ela apresenta um fim bastante lógico: te proteger de pessoas que podem prejudicar o seu bem-estar.

Por isso, no seu caso, qual é a causa da sua timidez?

Este é um processo interno, e particularmente seu. Você tem que investigar a sua vida e a si mesmo para encontrar a grande razão da sua timidez.

Você precisa pensar no seu passado e nas crenças que você nutre a respeito de si mesmo para entender a razão pela qual sua mente usa a timidez para que você evite os outros.

Então, do que a sua timidez está te protegendo?

É só a partir dessa descoberta que você pode solucionar a timidez com eficácia.

2. Valorize-se

Uma das causas da timidez é a falta de amor próprio.

Pessoas tímidas podem se desvalorizar muito.

Na maioria das vezes você se sente inferiorizado, pensando o que as pessoas vão falar de você, como vão reagir e até o que vão achar de você, da sua aparência etc.

Esses pensamentos sempre vêm acompanhados de negatividade, pois você nunca acredita que as coisas serão positivas.

Sendo assim, esta dica é simples: autovalorize-se.

Imagine que existem duas pessoas aí dentro: “você” e o seu “eu” tímido.

Não se divida, permitindo que o seu “eu” tímido denigra a sua imagem. Faça o caminho inverso e estabeleça que agora “você” e o seu “eu” tímido são melhores amigos.

Porque, na maioria das vezes, o seu “eu” tímido é aquele que te desvaloriza, mesmo que no fundo “você” não queira se desvalorizar.

Então, o seu papel é unir os seus dois “eus”.

E como você vai fazer isso? Simples, diariamente você vai começar a autovalorizar.

E como você vai se autovalorizar?

Você vai começar a valorizar as suas atitudes, o seu caráter, as suas conquistas e até mesmo o seu esforço em ser cada vez mais uma pessoa melhor.

Todos os dias antes de dormir, anote no papel um ponto a respeito de si mesmo que você valoriza.

Pode ser qualquer coisa mesmo, sendo pequeno ou grande, mas é fundamental que você anote.

3. Pratique o Bom Humor

O humor é ótimo. Na verdade, ele é o segredo para que você consiga levar de forma leve a timidez.

Deixando o estresse de lado e abrindo espaço para o humor, você não vai apenas se sentir menos tímido, mas irá conseguir lidar melhor com qualquer coisa que aconteça ao seu redor.

Está se sentindo nervoso e ansioso? Ria, brinque e lide com todas as opiniões, sendo positivas ou negativas, de forma leve. 

Conte uma piada, ria dos seus próprios problemas e leve na brincadeira comentários que, por vezes, já te machucaram.

Praticando o bom humor, você vai ver que dificilmente você irá se sentir tímido sobre algo.

Na verdade, eu te proponho um exercício: todas as vezes que sentir a timidez chegando, faça uma piada, lembre-se de alguma coisa engraçada ou conte alguma situação hilária que aconteceu com você.

4. Observe as Pessoas Extrovertidas

Em alguns dos seus círculos de relacionamentos, com certeza, existem muitas pessoas extrovertidas, que têm uma enorme facilidade em se comunicar com outras pessoas.

O exercício, neste caso, é observar essas pessoas e entender o que elas possuem que falta em você. Observe atentamente como elas começam uma conversa, como elas se movimentam durante a conversa e como se saem de uma situação constrangedora.

Nós crescemos aprendendo a observar e imitar os comportamentos ao nosso redor. Por isso, se você está enfrentando dificuldades em ser tímido e quer saber como acabar com a timidez, observe as pessoas mais extrovertidas que encontrar.

Perceba como elas agem e interagem com as outras pessoas.

5. Técnica F.O.R.D.

Se você está procurando exercícios para perder a timidez, esse é perfeito.

Uma coisa é fato, se você está querendo acabar com a timidez, você precisa praticar a comunicação com outras pessoas. Afinal, como é que você vai deixar de ser tímido se não estiver em contato com o mundo, testando e aplicando essas dicas?

A técnica FORD é muito simples, então, se você precisar conversar com uma pessoa, seja no trabalho ou na vida pessoal, é só utilizar como base:

  • Família;
  • Ocupação;
  • Recreação;
  • Desejos.

É normal que você sinta um pouco de dificuldade de encontrar assuntos, ainda mais quando encontra alguém que você não estava esperando encontrar.

Nesses casos, a técnica pode “salvar seu pescoço”, já que, basicamente, você pode alimentar a conversa fazendo perguntas sobre a família, a ocupação a recreação e os desejos da outra pessoa.

Claro que essas perguntas devem ser usadas de forma natural e apenas como base para sua conversa. Até porque, depois que você começa a falar e pega ritmo, o papo começa a fluir.

É uma técnica excelente, porque você consegue fazer milhares de perguntas lembrando apenas de quatro letras.

O nervosismo pode aparecer na hora, mas contando com essa técnica não será nada complicado manter uma conversa muito produtiva.

6. Evite a Catástrofe Mental

Imagine a seguinte situação…

Você combinou de sair com um grande amigo para tomar uma cerveja no barzinho perto do seu trabalho.

Ao chegar no bar, você enxerga o seu amigo de longe e vai na direção dele para cumprimenta-lo.

Só que aí, em um segundo você percebe que, na verdade, ao invés de um bate-papo a dois o seu amigo convidou outros amigos dele para se juntarem a vocês.

E o pior de tudo é que você não conhece nenhuma das outras pessoas.

Naturalmente, na hora você gela, fica ansioso, o seu coração acelera e você entra em um estado de desespero.

E é nessa hora que mil pensamentos surgem na sua cabeça.

Você pensa coisas como “Eles não vão gostar de mim”, “Eu vou fazer papel de idiota na frente deles”, “Eu vou ser rejeitado por eles”, “Todos eles vão ficar olhando para mim”, e assim por diante.

Ou seja, você cria mentalmente inúmeras catástrofes que “certamente” irão acontecer, logo você se sente tímido.

Por quê? Para que você fuja da situação e não enfrente todo o mal-estar que “será” causado através das “consequências desastrosas” – que só aconteceram na sua mente.

Só que, na realidade, ninguém está esperando você falar algo para te humilhar, atacar ou ridicularizar. Na maior parte das vezes, ninguém não está nem aí para você.

E não porque as pessoas são más ou antipáticas, mas porque nós tendemos a nos preocupar muito mais conosco do que com os outros.

Por isso, seja numa reunião de trabalho ou no barzinho com amigos, você não precisa prejulgar a da reação dos outros.

Na maioria das vezes, os tímidos criam cenários catastróficos em suas mentes, que no final das contas acabam não acontecendo.

Então, sabendo disso, sempre que você se pegar criando cenários mentais em situações que te deixam tímido, pense nisso. Lembre-se que você mesmo está criando uma catástrofe antecipadamente e que as suas hipóteses não são a realidade.

Traga este fato para a sua consciência.

7. Não Ande Com Pessoas Tímidas

É muito confortável nós permanecermos com pessoas que são parecidas com a gente.

Só que quando você está tentando superar a timidez, andar com pessoas tímidas pode ser um grande problema.

Sabe por quê?

Porque você não aprende nenhum exemplo prático para mudar o seu comportamento. Você alinha a sua mentalidade e as suas atitudes com a mentalidade e atitudes das pessoas com quem você anda.

Por isso, se você anda com outras pessoas tímidas, vocês todos continuarão tímidos juntos. E ninguém vai mudar, muito menos você.

Passe a sair com pessoas que gostam de sair e comece, seguindo a dica número 4, a observar e aprender com essas pessoas.

8. Planeje Antecipadamente

Grande parte da timidez, como você já entendeu, surge a partir do medo a respeito do que as outras pessoas vão pensar de você.

Você se trava por medo de não fazer algo errado, e isso tira toda a sua capacidade de fazer algo certo.

Por isso, uma excelente dica é você passar um tempo planejando antecipadamente o que você pode fazer para transformar a situação em um sucesso.

Se você vai sair para conversar com alguém, planeje a sua conversa, passo por passo, etapa por etapa.

O que você vai falar quando encontrar a pessoa?

Como você vai conduzir a conversa? Quais perguntas você fará? Quais respostas possíveis você pode receber? E o que você vai falar diante de cada resposta?

Entendeu o que eu quero dizer? Viva antecipadamente a situação como se ela já estivesse ocorrendo.

Quando você está preparado, naturalmente você sente mais autoconfiança.

9. Treine Não Ser Tímido

Se você é tímido, é normal você se esquivar de interações e conversas para não passar vergonha ou correr o risco de dizer algo que será desaprovado pelos outros.

O problema é que quanto mais você foge de conversas e interações, mais tímido você se torna porque você permite que os seus medos irracionais cresçam, pois nada prova que as suas crenças são falsas.

E tudo isso se torna uma bola de neve.

Você é tímido e tem atitudes tímidas.

E as atitudes tímidas fortalecem cada vez mais a sua timidez.

Entendeu?

Sabe qual é a solução para isso?

Treinar não ser tímido. Treinar conversar com pessoas. Treinar abordar outras pessoas. Treinar falar em circunstâncias que você não quer falar. Treinar se expor.

A mentalidade é fundamental, mas você não supera a timidez se você não agir.

A confiança surge através da ação, prática e treino.

Se sentir envergonhado não é o problema. O problema é evitar socializar por causa do seu sentimento.

Você precisa treinar exaustivamente não ser tímido, mesmo que no começo você passe vergonha.

Assim como qualquer habilidade, é possível aprender a ser mais extrovertido e conversar com qualquer pessoa. E você aprende treinando!

Se você treinar consistentemente, eu garanto que com o passar do tempo você inevitavelmente acabará com a timidez social de uma vez por todas.

Agora, se o seu caso de timidez é específico para falar em público, então descubra como vencer a timidez para falar em público.

Conclusão

Se você leu esse conteúdo com bastante atenção, já deve ter percebido que não existem muitos segredos a respeito de como perder a timidez de vez.

Mesmo eu tendo apresentando 9 dicas para vencer a timidez, você é a chave.

É tudo sobre como você lida com a sua timidez, nada além disso.

O importante, acima de tudo, é que você entenda que para superar a timidez só depende das suas atitudes, portanto, coloque as dicas em prática e não deixe que a timidez comande sua vida.

Porque ou você comanda a timidez ou ela vai continuar a te comandar pelo resto da vida.

Não evite se relacionar, conversar e interagir com as outras pessoas. Por mais que seja difícil para você, encare esse desafio de frente, com pequenos passos.

Se você fizer isso, no final, a vitória é garantida.

E sabe quanto tempo leva para superar a timidez? Não existe um tempo específico, porque isso depende de você.

Você vence a timidez quando começa a enfrentar o seu medo e trabalha para modificar as suas crenças irracionais.

Para alguns, isso pode levar anos. Para outros, meses. E para outras pessoas, semanas ou até dias.

Os seus resultados dependem exclusivamente de quanto esforço ativo você vai aplicar para vencer a timidez.

E aí, você tem alguma outra dica poderosa para vencer a timidez? Deixa um comentário aqui embaixo, porque assim você vai ajudar outras pessoas.

Vai lá, não seja tímido 🙂

E se você quer realmente avançar para o próximo nível na sua evolução pessoal, clique aqui agora e conheça o meu método avançado de desenvolvimento humano.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket