Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora

Muitos filósofos, espiritualistas e psicólogos nos contaram o velho clichê de que para lidar com o sofrimento é preciso aprender a viver o momento presente.

Mas por que é tão difícil aprender como viver o presente?

Nós, senhores do mundo, os seres humanos, tão complexos e sofisticados, dotados de consciência, temos uma grande dificuldade em desfrutar o agora, enquanto que todas as espécies não-humanas, sem saber, conseguem facilmente.

A nossa mente foi programada evolutivamente para viver no futuro ou passado porque a sobrevivência humana depende muito de aprendizado e planejamento. Não há como aprender sem viver no passado ou planejar sem viver no futuro.

Além disso, a mente enxerga o tempo como um processo linear e contínuo. Ou seja, qualquer segundo antes do momento presente já é passado e qualquer segundo depois já é futuro.

O problema é que em nossa sociedade atual, cada mais hiperativa e hiperconectada, a incapacidade de viver no presente começou a gerar sérias consequências para as nossas vidas.

Ansiedade, medo, estresse e arrependimento ultrapassaram o limiar da saudabilidade e começaram a nos prejudicar seriamente.

Viver sempre no passado ou no futuro se tornou a regra, e não a exceção. A vida passou a ser ditada por emoções e pensamentos ligados ao passado ou futuro.

É por isso que você precisa, mais do que nunca, aprender como viver o presente. Caso contrário você pode sucumbir aos grandes males que a compulsão de pensamentos causa para bilhões de pessoas.

Não aceite essa situação porque é possível, através de atitudes conscientes, reaprender a viver no agora.

Então leia este artigo até o fim caso você queira descobrir como voltar a relaxar e viver feliz, no presente.

ATENÇÃO
Antes de continuar a sua leitura você pode baixar gratuitamente o meu novo livro digital As 7 Poderosas Crenças Para Viver Uma Vida Sem Limites clicando aqui.

A Importância do Momento Presente

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 1

Você sabe qual é a maior causa de dor e sofrimento na vida das pessoas? A própria mente.

Sabe por quê?

Justamente porque ela não para.

A mente não consegue viver no único momento em que você vive: o agora. Por isso você não pode deixar que a mente compulsiva, essa voz interior tagarela, domine a sua vida por completo.

Sua mente está o tempo inteiro projetando o futuro ou pensando no passado, e projetando o futuro relembrando o que passou.

O problema é que quase sempre a mente cria os piores cenários possíveis quando imagina o futuro. E assim você sente ansiedade, estresse e medo por situações que não são reais, que só existem dentro da sua cabeça.

No momento presente não existe medo, ansiedade e estresse. Esses males surgem a partir de projeções mentais.

E se eu fizer isso e acontecer aquilo? E se eu for lá e der tudo errado? E se eu falhar? E se…? E se…? E se…?

Arrependimento, culpa e ressentimento são causados pelo excesso de pensamentos sobre o passado. A mente não consegue se libertar do que passou e continua vivendo em momentos que já não existem mais.

E todos os medos, sofrimentos e a ansiedade são gerados por projeções futuras.

Mas você já viveu no passado ou no futuro? Não existe essa possibilidade. O passado foi um agora que passou. O futuro, quando chegar, será um agora.

Só existe o agora.

Agora é tudo o que existe, e o futuro é outro momento presente para viver quando chegar ao agora.

Wayne Dyer​

O problema é que a mente faz com que você viva fisicamente no agora, ao mesmo tempo em que vive mentalmente projetando o que virá ou relembrando o que passou.

A mente está o tempo inteiro tentando entender o mundo. Ela busca o entendimento se ancorando em tudo o que você viveu durante a vida.

A mente junta fragmentos de todas as informações que você possui guardadas, memórias, sentimentos, desejos e pensamentos, e projeta o futuro a partir disso.

O problema é que esse processo possui como base o seu estado de espírito de cada momento. Se você está triste, infeliz, cansado ou ansioso, a mente coleta as informações e projeta o futuro baseada nesses estados de espírito negativos.

Essa é a fonte de quase todos os problemas das pessoas.

A solução é abraçar completamente o momento presente, o único momento em que você pode viver: o agora.

A Certeza do Presente

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 3

Para ter certeza que o presente realmente livra você de todo sofrimento, dor e medo, pense em um grande hobbie seu.

Pense em atividades que o deixem extremamente alegre e proporcionem grande prazer: exercícios físicos, leituras, conversas com amigos, passeios, ouvir música, tocar um instrumento, cantar, dançar, escrever, assistir uma série etc.

Enfim, pense em qualquer atividade que você realmente tenha paixão por desempenhar.

Sabe por que você ama realizar a atividade que pensou? Porque ela faz com que você viva 100% no momento presente.

Quando eu escrevo, automaticamente eu me coloco no momento presente. E quando eu estou no presente, eu não consigo perceber que eu estou no presente, eu não penso conscientemente “eu estou no presente”, simplesmente flui.

Eu só percebo que eu estava no presente quando eu já não estou mais nele, porque aí eu já voltei para o passado. Isso é viver no agora.

Na hora em que você realiza as atividades que ama não existe futuro, passado, medo, ansiedade, arrependimento ou culpa. Não surgem pensamentos quando você realiza essas atividades, não existe nada mais além de você e a atividade.

Libertar a mente da preocupação é um dos motivos que leva uma pessoa a beber bastante, o álcool nos libera momentaneamente de nossas mentes. A mente relaxa e por breves momentos cessa o constante falatório mental.

O álcool, as drogas ilícitas relaxantes e até mesmo muitos remédios desaceleram a mente e fazem com que você consiga parar de viver grande parte do tempo projetando o futuro ou pensando no passado.

Mas esses destrutivos artifícios fazem com que a mente trabalhe em um nível abaixo do pensamento. Infelizmente, apelar para um recurso danoso à saúde é o que a maioria das pessoas encontra para se livrar um pouco dos pensamentos constantes e do sofrimento agregado.

Quando você aprende como viver o presente, você começa a viver em um nível acima dos pensamentos e se liberta deles de maneira positiva.

A consequência é que você se tornar mais feliz, sente menos medo, ansiedade e estresse. Você começa a perceber que tudo aquilo fazia mal só existia na sua própria mente.

Como Viver o Presente

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 5

Quanto tempo de fato você está vivendo no presente? Durante o dia, quanto tempo você percebe que está vivendo no agora?

O quanto você toma atitudes para viver conscientemente no presente?

No dia a dia você percebe que está realizando uma atividade enquanto pensa na próxima ou em alguma experiência que viveu?

A melhor maneira para viver mais no presente é trazer para a consciência o momento presente. É justamente a consciência, o grande poder que nos diferencia das outras espécies, que nos faz viver no passado ou futuro.

Então sempre que você se perceber projetando o futuro ou relembrando momentos, retorne para o momento presente.

Traga para a sua consciência o fato de que o presente é o único momento que existe. Perceber que você não está vivendo no presente automaticamente faz com que você retorne para o momento presente.

Limite a sua vida ao exato momento. Faça isso agora. Limite a sua vida somente ao agora, a este momento. Você está aqui lendo este artigo. Limite sua vida a isso.

Em cada momento da vida, limite-se unica e exclusivamente ao momento que você está vivendo.

Praticando o Momento Presente

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 7

Você já ouviu falar sobre o termo mindfulness?

Eu falei um pouco sobre isso no meu guia sobre como meditar passo por passo, mas, basicamente, mindfulness significa atenção plena.

É a capacidade de viver com plena atenção, momento por momento, consciente de cada experiência que você vive.

Os efeitos positivos no seu bem-estar, equilíbrio emocional, mental e físico das práticas de mindfulness são comprovados pela ciência.

Quando você vive com atenção plena, você suspende temporariamente os juízos de valor, os conceitos, interpretações, comentários mentais e opiniões que conduzem a sua mente em todos os instantes.

Na maioria das vezes você não tem intenção ou propósito claro para os seus pensamentos, são eternas divagações que compulsivamente voltam sempre para o mesmo lugar e pouco adiantam.

Ao praticar a atenção plena você passa a viver as experiências por inteiro.

Pense na alimentação.

Quantas vezes na vida você parou para prestar atenção apenas no ato de comer? Quantas vezes você fechou os olhos e prestou atenção total em cada mastigação?

Raramente eu fiz isso. Aliás, não me lembro de ter feito isso antes de aprender o conceito da atenção plena.

Geralmente nos alimentamos ao mesmo tempo em que pensamos em outras milhões de coisas, conversamos com alguém, ou mexemos no smartphone.

Nunca nos mantemos 100% conscientes de todas as sensações que o processo da alimentação envolve: mastigação, textura, sabores etc.

O Poder da Atenção

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 9

Prestar atenção em cada resposta que você tem a partir de cada estímulo e sensação o traz de volta para o momento presente.

É possível praticar a atenção plena em todas as atividades corriqueiras e automáticas que você faz.

Quantas vezes você faz o que de fato você está fazendo? O quanto você vive com atenção, experienciando 100% de cada momento?

Comece a prestar atenção em tudo o que você faz e sente durante cada atividade. A grande chave é tirar a atenção dos seus pensamentos e transferi-la para os seus sentidos.

Quando você toma banho, escova os dentes, desce uma escada, lava as mãos, caminha na rua, ou até quando está calçando o tênis, preste atenção nos seus sentidos, mantenha-se ciente de todos os seus movimentos, concentre-se naquilo que você está fazendo no presente, exclusivamente no momento presente.

Perceba o agora.

Você está lendo sentado? Deitado? Em pé? Como as palavras impactam as suas retinas? Quais são os processos que o seu corpo realiza para que isso aconteça? Quais são as sensações físicas que você sente?

Os resultados são reais.

Quanto mais você pratica, mais você consegue viver no presente.

Então comece a enxergar as mesmas coisas que você vê todos os dias e viver as mesmas experiências que vive diariamente, de uma maneira diferente. Preste atenção em todos os detalhes corriqueiros que passam despercebidos.

Ao direcionar foco total para o momento presente você consegue cessar os pensamentos inúteis gerados pela mente e consequentemente se livra de dor, sofrimento e ansiedade, além de se tornar mais calmo, assertivo, produtivo e feliz.

Pratique a atenção plena em tudo na vida, desde as atividades mais banais até as mais complexas. Preste atenção total em seus 5 sentidos: olfato, audição, visão, tato e paladar.

Cultive a curiosidade de uma criança. A partir de hoje, imagine cada atividade que você realiza como sendo a primeira vez que realiza a atividade na vida.

Em qualquer hora, situação e lugar que você estiver, ao contemplar o momento prestando atenção plena nos seus sentidos, automaticamente você passará a viver no agora.

Hoje quando você for dirigir, ao entrar no carro, pare por alguns segundos e preste atenção na respiração. Por breves momentos sinta a sua respiração.

Ao colocar o cinto de segurança, preste atenção plena no ato. Olhe para o cinto, sinta o cheiro do cinto, ouça o barulho do “click”. Ao engatar a primeira marcha, olhe para marcha, para a sua mão, sinta que você está realizando o movimento.

Em todos os momentos da sua vida, mantenha-se de todas as formas 100% presente.

Quando for escovar os dentes, sinta o cheiro da pasta de dentes. Olhe-se no espelho e perceba a si mesmo escovando os dentes. Preste atenção no ato de movimentar a escova, sinta as cerdas se movendo entre os seus dentes. Sinta as sensações da sua língua.

Quando você estiver em uma fila de banco, supermercado, ou em um consultório esperando para ser atendido, deixe um pouco de lado o seu smartphone e preste atenção plena no ambiente.

Olhe para as formas, plantas, flores, quadros, pessoas. Sinta os cheiros, escute o som do ambiente, escute o silêncio do ambiente.

Quanto mais você se torna presente praticando conscientemente a atenção plena, mais você treina o seu cérebro para se manter presente no presente.

A Felicidade Não é o Fim

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 11

Parece que tudo na vida é um meio para um fim.

A felicidade é o único caminho. E no meio do caminho, o meio não existe, existe apenas o fim. O fim é o meio, e o meio é o fim. Todos os fins são meios e todos os meios são fins.

Calma, eu sei que pareceu filosófico demais.

Mas imagine a seguinte situação: você vai levar a sua mãe até o supermercado ou o seu filho até o colégio.

Qual é o meio e qual é o fim?

Nosso modo natural de pensar nos diz que o fim é chegar ao supermercado ou colégio e o meio é o trajeto de carro até o local. É assim que vivemos.

Só que durante o “meio”, o que estamos fazendo? Tudo menos viver aquele momento, o único que existe e que na realidade é o fim.

O corpo está presente e a mente está longe. Estamos em milhares de lugares ao mesmo tempo, menos naquele que realmente nos encontramos.

A felicidade é o único caminho. Cada momento é o fim. Não existe meio, tudo é fim. O fim representa o processo inteiro. O fim é cada passo da jornada de vida.

Essa é a felicidade plena, vivida em cada instante.

Nos preocupamos completamente com o resultado de nossas ações e muito pouco com as ações em si. Faça essa troca. Mude o foco do resultado da ação por prestar atenção em cada passo da ação que vai gerar o resultado.

O foco não é lá, o foco é aqui, somente aqui, em cada segundo. Se auto-observe e viva conscientemente.

Sempre que você se deparar com algum desafio, não permita que a mente comande a situação com lembranças e projeções típicas, traga a consciência para o momento e mantenha-se 100% no agora.

Você sempre está a uma respiração de voltar para o presente,. Lembre-se disso.

1 Minuto de Atenção

Como Viver o Presente: A Melhor Maneira de Desfrutar o Agora 13

Existe um simples e poderoso exercício que você pode realizar para criar o hábito de viver no momento presente.

Programe um despertador no seu smartphone para que uma vez por dia, em um horário específico que você quiser, você pare tudo que estiver fazendo e imediatamente passe a prestar atenção plena por 1 minuto.

Naquele momento você deve simplesmente parar tudo o que estiver fazendo e direcionar toda sua energia para a percepção dos seus sentidos.

É um exercício que quebra repentinamente o ciclo de pensamentos compulsivos e rapidamente o traz para o presente.

Conclusão

Você sente medo, ansiedade, arrependimento e culpa? Nunca no momento presente. Por isso é mais do que fundamental aprender como viver o presente.

Viver no momento presente, estando em contato com o agora, é a chave para viver uma vida feliz.

Ou você escolhe consciente viver o presente ou você deixa que a sua mente controle os seus pensamentos e por consequência o seu nível de infelicidade.

A mente agitada não permite que você viva com atenção plena, por isso, de maneira consciente, você deve começar a viver com atenção plena.

A mente gasta grande parte da energia para pensar. Pensar, pensar, pensar. Pensamentos inúteis e compulsivos. Mas agora você está consciente a respeito deste fato.

Você pode escolher canalizar conscientemente a sua energia para a percepção ao invés do pensar. Ao invés de pensar tanto sobre o mundo e a vida, comece a percebê-los mais.

Percepção completa.

O grande segredo é a desautomatização.

Realizamos quase tudo na vida de modo automatizado, sem prestar atenção total naquilo que de fato estamos fazendo.

Portanto passe a perceber cada pequeno detalhe de cada pequena atitude que você realiza, através de todos os seus sentidos.

Quando olhar, olhe com atenção. Quando ouvir, ouça com atenção. Quando comer, coma com atenção. Quando falar, fale com atenção. Quando tocar, toque com atenção. Quando cheirar, cheire com atenção. Quando caminhar, caminhe com atenção. Quando respirar, respire com atenção.

Quando fizer qualquer coisa, faça com atenção.

E aí, você vai começar a viver conscientemente no momento presente? Por quê?

Conheça o meu treinamento avançado de desenvolvimento pessoal, que vai mostrar como que você pode mudar de vida e se transformar radicalmente.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket