Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso?

Como será que os grandes gênios da humanidade se tornaram gênios? Gênios nascem com habilidades acima da média, predestinados a serem gênios?

Por que pouquíssimos indivíduos se tornam gênios, enquanto a maioria das pessoas vivem vidas comuns?

O que diferencia os gênios das pessoas comuns? Será que a loteria genética favoreceu uns raros sortudos, e você nunca será capaz de se tornar um gênio?

Quais são as características de gênios? Quais foram os grandes gênios da humanidade? Quais são os grandes gênios da atualidade?

Como ser um gênio? Como você pode se tornar um gênio? Como pensar como um gênio? Como funciona a mente de um gênio?

Se você sempre quis saber essas respostas, continue lendo este artigo para descobrir tudo isso e muito mais porque você pode se surpreender.

ATENÇÃO
Antes de continuar a sua leitura você pode baixar gratuitamente o meu novo livro digital As 7 Poderosas Crenças Para Viver Uma Vida Sem Limites clicando aqui.

O Que é um Gênio?

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 1

Segundo o dicionário, gênio significa:

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 3

Bem, para o dicionário, um gênio pode ser alguém que tenha aptidão natural para algo, um dom.

Segundo a Wikipédia, gênio significa:

Pessoa com grande capacidade mental. Ela pode se manifestar por um intelecto de primeira grandeza, ou um talento criativo fora do comum.

QI e Genialidade

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 5

Partindo do primeiro princípio, um gênio é alguém com um intelecto muito alto. Sendo assim, naturalmente pensamos no QI, o quociente de inteligência.

A primeira escala de classificação para níveis cognitivos foi criada em 1916. Naquela época, aqueles que obtinham um escore acima de 150 eram considerados gênios.

Mais tarde, precisamente em 1928, as classificações foram alteradas. Para que alguém fosse considerado gênio, precisaria obter um escore maior do que180.

Pela classificação mais atual um gênio obtém um escore acima de 160, enquanto que pessoas superdotadas obtém escores entre 145 e 160.

Gênios Famosos

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 7

Alguns dos gênios mais famosos da história são os seguintes:

  • Albert Einstein
  • Isaac Newton
  • René Descartes
  • Leonardo da Vinci
  • Ludwig van Beethoven
  • Alan Turing
  • Charles Darwin
  • Johann Goethe
  • Nikola Tesla
  • James Maxwell
  • Rudolf Clausius
  • Nicolau Copérnico
  • Henry Ford
  • Steve Jobs
  • Alexander Graham Bell
  • Stephen Hawking
  • Louis Pasteur
  • Paul Allen
  • Bill Gates
  • Elon Musk
  • Thomas Edison
  • Antoine Lavoisier
  • Galileu Galilei

Não Sou um Gênio

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 9

Olhando esses nomes, talvez você acredite que nunca será capaz de se tornar um gênio, afinal você pode saber que não tem um QI tão alto assim.

Mas há um grande perigo em tornar um teste de QI a referência para que você faça um teste de genialidade.

Os resultados alcançados em testes de QI não representam uma verdade absoluta, mas sim um resultado obtido em determinadas condições.

A sorte pode influenciar o resultado em testes de QI de múltipla escolha, assim como o nível de estresse, ansiedade, cansaço e a quantidade de horas dormidas na noite anterior aos testes, entre outros fatores.

Garry Kasparov é considerado o maior jogador de xadrez da história. Sua genialidade é indiscutível, mas em testes de QI seu escore não passou de 135.

Richard Feynman ganhou o Prêmio Nobel de Física em 1965. Alguém que ganhe o Nobel de Física não é um gênio? Segundo um teste de QI, Feynman teve um escore de 125.

Tipos de Gênios

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 11

Além disso, apesar do termo “gênio” nos dar a ideia de que um gênio é alguém com um grande QI e uma inteligência extraordinária, o termo também é aplicado a:

  • Polímatas – quem tenha grande conhecimento em diversas áreas.
  • Alguém com muita habilidade nas áreas intelectuais.
  • Pessoas que tenham habilidade superior em qualquer campo.

Sendo assim, o termo “gênio” não se refere apenas aquele estereótipo do cara esquisitão, de óculos, que passa a maior parte do trancado em um laboratório.

É por isso que Pelé é considerado um gênio do futebol, Roger Federer um gênio do tênis, Michael Jackson um gênio da música e da dança. E assim por diante.

Por isso tenha muito cuidado ao limitar a palavra “gênio”.

Será mesmo que Henry Ford tinha um QI de gênio?

E Steve Jobs?

Existem inúmeros casos de pessoas consideradas gênios, que não têm ou não tinham um alto QI.

O Mito da Genialidade

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 13

Segundo o professor do MIT e pesquisador britânico Kevin Ashton, gênios não existem. Para Kevin, a criatividade necessária para realizar grandes feitos é acessível para qualquer ser humano.

Kevin Ashton, autor do livro A História Secreta da Criatividade, afirma que:

Todo o conceito de genialidade é ridículo e totalmente sem evidências. Algumas pessoas são melhores do que outras em algumas atividades, mas isso não as torna diferentes ou especiais, apenas melhores.

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 15O professor mostra como o processo criativo de um “gênio” não tem nada a ver com um “momento eureca”, ou seja, aquele instante repentino de inspiração. A criação não depende de sorte ou de algum dom especial.

Todo processo criativo é demorado, difícil, complexo, cheio de falhas, frustrações e recomeços. Trazendo à tona grandes nomes dos negócios, das artes e das ciências, Kevin Ashton explica que gênios desenvolvem características de gênios através de:

  • Trabalho duro.
  • Dedicação.
  • Perseverança.

Para Ashton, a criatividade é inata ao ser humano e qualquer um está apto para despertar a genialidade.

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 17Malcolm Gladwell, autor do livro Outliers, Fora de série, apresenta a teoria das 10.000 horas.

Segundo Gladwell, todas as pessoas que alcançaram grande sucesso em alguma área praticaram incansavelmente, diariamente e consistentemente suas artes por muito tempo.

Para que alguém se torne mestre em algum campo, o indivíduo deve praticar sua principal atividade por pelo menos 10.000 horas. Os grandes mestres praticam suas artes por pelo menos 10.000 horas.

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 19No livro Maestria, Robert Greene apresenta a teoria das 20.000 horas.

Após estudar a história de grandes personalidades como Thomas Edison, Mozart, Leonardo da Vinci, entre outros, Greene mostra que os grandes gênios da humanidade praticaram sua genialidade por pelo menos 20.000 horas.

Segundo Robert Greene, o potencial para um ser humano alcançar a maestria é intrínseco e inato. Qualquer um, através das atitudes certas, pode atingir a maestria.

No livro Mastery, George Leonard mostra quais são as chaves essenciais para que alguém alcance a maestria na vida.

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 21O processo da maestria ocorre através de 5 chaves:

  1. Instrução: existem duas grandes maneiras de se instruir. Encontrar um excelente instrutor e se tornar um autodidata.
  2. Prática: é preciso amar a prática. Os mestres amam a prática e não se apegam a um objetivo final, mas sim a jornada – que nunca termina.
  3. Entrega: se entregar de corpo e alma, ser disciplinado e ter total confiança no mestre. Para o legítimo mestre não existem experts, somente aprendizes.
  4. Visualizar: literalmente, visualizar constante e consistentemente o resultado desejado. É preciso desejar e visualizar o melhor resultado possível. A visualização aumenta a vontade e o foco.
  5. Limite: os mestres se desafiam além dos limites, assumindo riscos para obterem a melhor performance. Caminhar no limite exige equilíbrio. Em algum momento, o mestre conscientemente cruza a linha do limite.

Como Ser um Gênio?

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 23

Analise a vida de grandes personalidades, dos grandes gênios da história, e você vai encontrar em todos, sem exceção, as características de gênios. Características que podem ser desenvolvidas por qualquer pessoa.

Leonardo da Vinci: pense em Leonardo da Vinci. Você sabia que da Vinci era filho bastardo e por isso não podia frequentar a escola e nem a universidade?

Por consequência, durante a infância Leonardo passou muito tempo sozinho em casa. Seu pai saía para trabalhar e da Vinci ficava só.

Perto de sua casa haviam bosques com muitas árvores. Todos os dias Leonardo ia para os bosques, andava, sentava e observava tudo nos mínimos detalhes. Em um certo dia, da Vinci começou a roubar papel de seu pai, o que era difícil conseguir na época, mas como seu pai era tabelião, ele conseguia.

Nos papéis roubados, Leonardo da Vinci começou a desenhar tudo o que via, toda a natureza que estava em sua volta. Ou seja, desde muito cedo Leonardo da Vinci começou a exercer a sua genialidade, ainda durante a infância.

Ao entrar em contato com os trabalhos de Leonardo, um dos maiores artistas da cidade ficou impressionado com o nível de perfeição e qualidade dos mesmos e convidou o rapaz de apenas 14 anos para trabalhar com ele.

Leonardo da Vinci realmente nasceu um gênio ou desenvolveu sua genialidade?

Família Gracie: você conhece a história de vida da família Gracie? Eles foram os criadores do jiu-jitsu brasileiro. Ao olhar os vídeos da família Gracie, você vai perceber que existiam rituais específicos dentro uma cultura familiar muito forte.

Todos os filhos homens começavam a treinar jiu-jitsu desde muito pequenos. Existem vídeos deles treinando com apenas 2 anos de idade. Perceba o nível de preparação, o nível de treino, o tempo de prática. Não é de se admirar que todos os membros da família Gracie se tornaram grandes campeões.

Wolfgang Amadeus Mozart: Mozart começou a tocar piano aos 4 anos de idade, mas durante longos anos de sua vida foi considerado apenas um bom pianista, nada mais do que isso.

Foi apenas com 21 anos de idade que Mozart compôs a sua primeira reconhecida obra-prima. Foram 17 anos treinando e praticando, não foram 17 meses, nem 17 dias.

Se Mozart não tivesse praticado incansavelmente, durante muitas horas, todos os dias, ele criaria uma obra-prima do nada? Ele seria considerado um gênio?

Bill Gates: Gates começou a ter contato com computadores desde muito cedo na vida e começou a programar precocemente. Gates passava horas programando, virava madrugadas e mais madrugadas programando.

Lionel Messi: o argentino começou a jogar futebol profissionalmente aos 7 anos de idade. Aos 12 anos Lionel foi para o Barcelona, onde se encontra até hoje. Messi seria um gênio do futebol caso não tivesse praticado com tanto afinco, por tanto tempo?

Ronaldo Nazário: Ronaldo, o fenômeno, conta fugia da escola quase todos os dias para ir jogar bola no campinho de futebol perto de sua casa.

Rafael Nadal: um dos maiores jogadores de tênis de todos os tempos, Nadal começou a praticar o esporte com apenas 3 anos de idade.

Warren Buffett: o maior investidor de todos os tempos começou a estudar sobre o mercado financeiro quando tinha apenas 8 anos de idade.

Os Beatles: você sabia que, no início da carreira, quando ainda não eram conhecidos, os Beatles praticaram insanamente?

A banda tocou na Alemanha, no período de 365 dias, em mais de 250 dias. E em cada um dos 250 dias, eles tocaram por no mínimo 8 horas.

Por que será que eles se tornaram os Beatles? Eles tinham dons especiais? Nasceram gênios da música?

A História do Pianista

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 25

Certa noite, em uma sala de apresentação, um exímio pianista realizou uma apresentação brilhantemente. Depois da apresentação, muito impressionada, uma mulher da plateia foi ao camarim do músico e disse ao pianista:

– Você é incrível. Eu simplesmente daria a minha vida para tocar piano igual a você.

– Foi exatamente isso que eu fiz, eu dei a minha vida… (respondeu o pianista).

Como me Tornar um Gênio?

Como Ser um Gênio: Será Que Você Sempre Acreditou Nisso? 27

Depois de tudo o que foi exposto, pare por um minuto e reflita sobre uma simples questão: será que as coisas acontecem por acaso?

O mito da genialidade é uma maneira muito confortável para que você permaneça na mediocridade.

Se você acredita que gênios nascem gênios – e que você não nasceu um gênio –, você permanece na sua zona de conforto, literalmente confortável com a sua posição “geneticamente decidida”.

Eu acredito que todos nós somos potenciais gênios.

Eu acredito que existe um gênio dentro de cada ser humano. Dentro de você existe um gênio esperando para ser despertado.

Eu acredito em estudar, aprender, praticar e desenvolver.

Estudar, aprender, praticar e desenvolver.

Eu acredito em trabalho duro, treino, tempo, consistência e persistência.

Se tornar um gênio, independente da área, é uma escolha. Você escolhe se tornar um gênio através de muito trabalho duro, extrema dedicação e persistência.

Eu poderia citar muitos exemplos, mas acredito que você já entendeu.

Não há outro caminho.

Como disse William James, que foi um notório psicólogo de Harvard:

O homem costuma viver bastante abaixo de seus limites; possui poderes de vários tipos que raramente utiliza. Ele atua abaixo de seu máximo e se comporta abaixo do nível ótimo. O fato é que os homens detêm certos níveis de capacidade que só pessoas muito excepcionais utilizam ao máximo.

Em qual área você quer se tornar um gênio?

Só depende de você.

Conclusão

Não são 1, nem 2, nem 3, nem 4, nem 10 exemplos, são centenas de casos de pessoas extremamente bem-sucedidas, incluindo inúmeros gênios, que mostram que o que faz alguém desenvolver a genialidade é a prática, a consistência, a dedicação, o trabalho duro e a perseverança.

Se eu tivesse que responder a pergunta “Como ser um gênio?” em uma palavra, eu diria: “Escolha!”.

Escolha se tornar um gênio, porque é possível.

Qualquer um que estiver disposto a se tornar um gênio, pode se tornar. Não existe o que seja capaz de vencer o seu comprometimento em trabalhar duro até conseguir.

A decisão é sua.

A maioria das pessoas nunca vai escolher ser um gênio. Porque não é fácil. Inclusive, muitas pessoas ainda acreditam no mito da genialidade. Mas agora você entendeu que é um mito.

Ser um gênio está ao seu alcance. A questão é: você realmente quer?

Então se comprometa em se tornar um gênio, ou passe a vida inteira na mediocridade. Simples assim.

Você escolhe ou não? Por quê?

Me diga nos comentários!

E se você está comprometido em continuar a evoluir como pessoa, pegue este atalho aqui e evolua 10 anos em 15 horas.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket