Como Superar o Passado: 5 Dicas Práticas

Quem nunca viveu acontecimentos que desejaria nunca ter vivido?

Me mostre uma pessoa que não desejaria apagar nada do passado e eu te dou um prêmio.

Todos nós, em algum momento, em alguma área da vida, desejamos superar o passado.

Se essa não é primeira vez que você está procurando entender como superar o passado, muito provavelmente já viu alguém dizendo que o passado ainda está acontecendo.

E é verdade, eu concordo.

O passado, mesmo que lá atrás, ainda está conosco e vai continuar para sempre. Isso significa que todas as experiências e os acontecimentos que vivemos permanecem conosco em forma de memórias, sendo elas positivas ou negativas.

Se você vive se perguntando o motivo de não conseguir superar o passado, ler essa última parte pode ter sido um pouco doloroso para você.

Porém, saber que o passado faz parte de você é algo completamente diferente de deixar que o seu “ontem” domine o seu “hoje” e determine o seu “amanhã”.

Você precisa superar o passado.

Porque não superar o passado é como mergulhar no abismo. Você mergulha sem saber onde vai parar, não sabe o que vai acontecer e nem sequer sabe se existe um final.

Infelizmente, você não pode fugir do passado, das cicatrizes deixadas e da mudança que o mesmo promoveu na sua vida, mas superá-lo é extremamente necessário para que você consiga, de uma vez por todas, seguir em frente.

Neste conteúdo você vai aprender como dar um ponto final no passado, deixando as lembranças ruins, mágoas, os medos e tudo que ainda prende você, lá atrás.

ATENÇÃO
Antes de continuar a sua leitura você pode baixar gratuitamente o meu novo livro digital As 7 Poderosas Crenças Para Viver Uma Vida Sem Limites clicando aqui.

Por Que Não Consigo Superar o Passado?

Você já tentou de tudo, disse que deixaria passar e já prometeu milhares de vezes que seria a última vez que se lembraria, se lamentaria e até choraria por isso, mas nada adiantou?

A resposta está aí.

O que impede você, e a maioria das pessoas, de superar o passado é essa dificuldade de “deixar passar”, ou melhor, de aceitar que o que aconteceu já foi e você não pode fazer nada em relação a isso.

Se você está sofrendo com o seu passado, é até estranho pensar que sua mente simplesmente não consegue entender que esse é o segredo. Porém, não se culpe, nós, mesmo sendo seres racionais, somos repletos de comportamentos irracionais.

Você sabe que não adianta ficar chorando, lamentando e pensando em algo que aconteceu há anos (ou que não aconteceu), mas fica do mesmo jeito. Afinal, é mais forte que você.

Seus sentimentos não amadureceram para “aguentar” o passado. Na verdade, pode ser que você, no fundo, sinta uma enorme culpa pelo que aconteceu.

É normal não conseguir se desprender do passado quando não se consegue perdoar, seja algo que alguém especial disse para você, uma mágoa ou até mesmo um trauma.

A grande verdade é que não somos bons em perdoar.

Por vezes, nem sequer perdoamos a nós mesmos e permanecemos, de forma inconsciente, nos machucando como se fosse um castigo por ter feito ou deixado acontecer algo no passado.

Como Superar o Passado e Seguir em Frente?

Saber como superar o passado não é como fazer um bolo, ou seja, não existe uma receita, fórmula ou qualquer coisa do tipo.

O que existe, no entanto, são formas para que você consiga pensar no que aconteceu, entender os fatos, identificar a sua participação no que você se tornou hoje e, a partir disso, superar o que passou.

É um processo simples? Não, mas é possível.

Portanto, leia com total atenção tópico por tópico abaixo e entenda como eliminar a influência do passado na sua vida.

1. Reflita e Pergunte-se

Você já sabe o motivo pelo qual não consegue superar o passado, então agora é preciso pensar sobre o que aconteceu lá atrás e fazer apenas uma pergunta: “eu posso, de alguma forma, consertar?”.

A ideia é realmente levantar tudo o que foi feito e como você pode resolver, mesmo que minimamente. Se existe culpa ou se você não consegue aceitar, agora é a hora de colocar a mão na massa.

Quase sempre existe alguma forma de resolver. Portanto, não espere para agir.

Converse com a pessoa envolvida, se tiver, ou analise tudo o que aconteceu e perdoe-se. Essas são algumas de inúmeras possibilidades, então, veja o que é melhor para a sua situação e faça.

Se realmente você não pode fazer nada, ainda assim existe algo que pode ser feito: chorar.

Você vai chorar e vai ficar triste, mas com a certeza de que será a última vez. Depois que fizer isso, você vai levantar e listar todas as coisas que aprendeu por conta desse acontecimento que te machuca tanto.

Anotado? Ótimo.

Essa é a lista de ensinamentos que você vai levar consigo. No caso, você, de uma forma ou de outra, vai consertar o que aconteceu. Porém, será com você, perdoando-se.

Esqueça a frase “…mas se eu tivesse feito…”.

Já passou, não há mais o que fazer.

Não conseguir esquecer o passado e seguir em frente acaba fazendo com que você fique preso em algumas situações que só acontecem na sua cabeça.

O famoso “…mas se eu tivesse feito…” não sai de lá, batendo na sua cabeça como se fosse um martelo, o tempo inteiro. Se você se entregar, muito provavelmente vai imaginar milhares de finais, mas não vai sair da onde está.

Aí eu pergunto: você tem certeza de que quer reviver isso o tempo inteiro, com finais que você sabe que nunca vão acontecer?

Não fantasie o seu passado. Você deve aceitar o que aconteceu, colocar uma pedra e entender que só existe um final, e ele já passou.

Eu falei sobre consertar, porém, mesmo consertando, nada que você fizer vai trazer de volta o tempo que passou. Tenha consciência que você está vivendo o agora, portanto, deixe o ontem lá atrás.

Ao invés de imaginar “…mas se eu tivesse feito…”, pense agora: “o que eu vou fazer hoje?”

Valorize a si mesmo, sua vida e as pessoas ao seu redor que amam você.

Se você já refletiu sobre o passado, como eu falei anteriormente, o momento de refletir e decidir o que será feito já passou, ou seja, você já fez tudo que estava no seu alcance.

Agora é hora de aceitar o que aconteceu, aceitar o que você fez para consertar e nunca mais pensar no que você poderia ter feito.

Acredite, é o mais justo com você e com as pessoas que estão ao seu redor.

2. Você Não é a Vítima

Mesmo que você seja, ainda sim é importante não se sentir como uma.

Afinal, se você continuar nutrindo essa mentalidade vitimista, pode ser que você nunca se desprenda do passado. É preciso se livrar do coitadismo.

Você não vai conseguir superar o passado se não acreditar genuinamente que possui capacidade para isso.

Uma vítima possui capacidade para ultrapassar traumas do passado? É claro que não. Então, se você se coloca no papel de vítima, como você espera superar o passado?

A maior parte da vida não é determinada pelos acontecimentos, sendo eles bons ou ruins, mas sim pela sua atitude diante deles.

Se você já fez o que conseguiria sobre o que passou, foque no que pode ser feito a partir de agora, concentrando-se no presente e no futuro.

Você pode se lembrar dos fatos e ficar triste, todos nós temos esse direito.

Porém, se você realmente quer superar o passado, não deixe que os sentimentos negativos e amargos entrem na sua vida.

O vitimismo é um fardo pesado demais para ficar carregando por aí.

3. Permita-se Viver Uma Segunda Chance

Nunca é tarde demais para viver. Na verdade, nunca é tarde demais quando você se permite ter uma segunda chance.

É como num jogo de videogame, onde você aperta “reiniciar” e começa tudo de novo, mesmo depois de ter perdido uma vez – ou várias vezes.

No jogo, quando você perde e reinicia, por entender onde errou, você altera o movimento e consegue passar pela fase.

Se já jogou quando criança, você sabe que realmente é assim que funciona.

Pois bem, na vida também pode ser assim. Claro que você não possui chances infinitas, da mesma forma um jogo disponibiliza, mas a mecânica funciona da mesma maneira.

Você passou por uma fase no passado que o seu desempenho não foi como desejado ou aconteceram coisas que você não queria, você imagina os milhares de finais, mas você não pode mudar o que ocorreu.

Porém, você pode apertar “reiniciar” e começar outra vez, agora com cuidado para nunca mais deixar acontecer hoje o que aconteceu no passado.

4. Mantenha-se no Presente

Mesmo confiante, é interessante saber que até que você fique 100% no presente, as lembranças vão voltar, como se o sofrimento fosse um vício, entende?

Sabendo disso, você precisa encontrar formas para, quando isso acontecer, conseguir voltar para o presente.

Você precisa estar no presente, então, o melhor é que você corte qualquer tipo de vínculo com o passado. A maneira mais fácil de ir embora é não olhando para trás, então, não pense duas vezes antes de cortar os laços.

Se você não estiver nada do passado ainda preso em você, vai ser mais fácil de analisá-lo e superá-lo.

Imagina se o seu ontem ficar batendo na sua porta todos os dia? Como você vai conseguir se desprender? Nunca.

Não deixe na sua vida algo que faz você sofrer tanto. Facilite a sua superação livrando-se de tudo que pode estar fazendo você lembrar do ocorrido, por mais difícil que seja.

Além de eliminar as sequelas do passado, o ideal é que você traga novidades para a sua vida. Ocupe o seu presente.

Você agora está diante de uma tela em branco, então vá lá e pinte um novo quadro.

Deixe a inércia de lado, saia e vá desfrutar deste mundo tão repleto de possibilidades.

Talvez a animação não apareça tão cedo, mas é importante que você estimule isso dentro de você, afinal, é só usando a força de vontade que você vai conseguir superar o passado e promover o futuro.

Se você quiser, eu posso te ajudar a aprender passo a passo como desfrutar melhor o presente.

5. SOS

Se nada funcionar, o jeito é pedir ajuda, seja para um amigo de confiança, um familiar ou até mesmo para um psicoterapeuta.

Superar o passado não é tão simples, e talvez entender que você não consegue fazer isso sozinho seja a solução. Não se sinta envergonhado por estar pedindo ajuda.

É melhor que você conte com ajuda e livre-se dessa angústia, do que acreditar que consegue se desprender do passado sozinho e nunca conseguir viver o presente para criar um novo futuro.

Além disso, é sempre bom ouvir alguém que não está vivendo o problema, justamente porque a pessoa enxerga a situação de forma mais clara e com outra perspectiva.

O peso também acaba ficando menor, já que sempre é um alívio saber que você pode dividir as suas preocupações com pessoas de confiança.

Por isso, novamente, não hesite em pedir ajuda. Ninguém precisa de ajuda, todos merecem.

Conclusão

Eu parabenizo você por chegar até aqui, já que muito provavelmente a leitura deste conteúdo não seja algo simples para você. Porém, eu acredito que nenhuma decisão importante seja fácil.

Se você sentir que precisa ler mais uma vez, faça isso. Na verdade, leia quantas vezes achar necessário para conseguir entender como superar o passado e agir.

Superar o passado é um processo que exige tempo, reflexão e persistência. Aprender a se desprender do que passou pode não ser fácil, mas é libertador.

Em muitos casos, talvez você não consiga superar o passado sozinho. Alguns traumas passados podem continuar assombrando a sua mente, de forma inconsciente.

Por isso, é importante falar mais uma vez que buscar ajuda é sempre uma boa opção quando você já tentou tudo o que podia, mas não conseguiu esquecer o passado e seguir em frente

Se você não consegue, de jeito nenhum, superar o passado por si mesmo, procure ajuda médica. A sua saúde mental vem em primeiro lugar.

Não permita que o passado continue sendo um fantasma na sua vida, porque você pode e consegue superá-lo.

Eu acredito no seu poder de superação.

Se você quer se desenvolver como pessoa ao máximo, para viver em alta performance e direcionar a sua vida para o sucesso, clique aqui agora e conheça o meu treinamento online de desenvolvimento pessoal.

Garanta agora seu livro grátis para descobrir e copiar as 7 crenças que todas as pessoas de sucesso cultivam.

Sobre o autor

Rafael da Luz

Não existem limites, existe conhecimento. Você se torna capaz de alcançar qualquer sonho na vida quando aprende a se desenvolver como ser humano. O desenvolvimento pessoal é o caminho para que você realize tudo o que mais deseja na vida. Por isso, engrandeça.

Adicione um comentário

Compartilhar
Twittar
WhatsApp
Pocket